CategoryBlog

Egberto Gismonti – A descoberta da música.

Dizem que definimos a nossa personalidade com a curiosidade musical que emerge com força nos primeiros anos da adolescência. Como 

Aretha Franklin – Música negra, branca e cinza

Algumas pessoas podem ser definidas por uma palavra. Para Aretha Franklin a palavra é “voz”. Nossa existência é efêmera, temporária, 

Nicholas Jaar – A evolução do eletrônico.

A música eletrônica tem diversas vertentes e estilos diferentes. Todos eles vem se desenvolvendo ao longo do tempo. Cada um 

Girl Band – Ser, ter e parecer que tem.

  As décadas e gerações são marcadas por identidades que estão diretamente ligadas ao status quo do seu momento. Por 

Radiohead – A estranheza bem vinda

  Mesmo com toda a globalização pós internet ainda somos capazes de perceber na cultura de outros povos/países a estranheza 

Madredeus – Silêncio

Madredeus – Silêncio

  Portugal é considerado hoje um dos destinos mais cotados do mundo. Nesta hora sinto pena dos portugueses que estão

Morphine – Smart is the new sexy

Morphine – Smart is the new sexy

  Autentica, inovadora, original, sui-generis… Morphine pode ser considerada a verdadeira síntese do slogan “Smart is the new sexy”. A

FKA Twigs – A bela é a fera

  FKA Twigs  é adorada pelos mais antenados e os comentários a respeito do seu trabalho na internet  são os 

Luiz Melodia – A voz do morro

  Luiz Melodia era e ainda é a mais linda voz da musica brasileira. Era também a mais perfeita tradução 

Future Island – Rei da dor

  Future Island é mais uma banda americana formada por amigos de faculdade. O que a torna absolutamente especial é 

Calle 13 – Sangue Latino

  Se tem uma coisa que me irrita profundamente, é perceber que aquela minha “mais nova descoberta”, na verdade foi 

Milton Nascimento – Do mundo.

  O mundo esta vivendo um momento único de inversão de valores. Estamos dando repentinamente muitos passos para trás. E 

Lou Reed – Beatnik, Marginal.

  Lou Reed é a mais perfeita tradução da revolução cultural ocorrida nos anos 60/70 na cultura americana. Com sua poesia 

NO MORE POSTS