AMON TOBIM
Amon Tobin é carioca, e o que ele faz é dar a musica eletronica um toque de jazz, o que
Leia Mais
LESCOP
Lescop é um músico da cena underground francesa que faz uma música sombria, bebida nas fontes das melhores referências alternativas
Leia Mais
DAUDE
A melhor palavra que encontrei para definir Daúde é abusada Lançada em 1995 pelo produtor Nelson Motta (que também nos
Leia Mais
109 people follow lapaloop
MikeyGuitar_ MikeyGui theJesusReal theJesus helloWorldReal helloWor trustOneNew trustOne realRobboMax realRobb loscomingsoon loscomin realSpy666 realSpy6 alexJonesReal alexJone real2Pack real2Pac ariane_channel ariane_c BTRacket BTRacket Whitney_Tai Whitney_ realMaxJordan realMaxJ Sex3000Sex Sex3000S musicmatch_jp musicmat khaledmimo200 khaledmi hottmilf2 hottmilf lastplak lastplak MelvilleBragg Melville Amandar41381570 Amandar4 BeachPillows BeachPil tseko_frans tseko_fr jessi_redmond jessi_re DwayneGallaghe DwayneGa rodrigorcv rodrigor musikpakonline musikpak Ricardo45709266 Ricardo4 NightShadeBand NightSha Iam_Moreesjkats Iam_More craig_cardiff craig_ca DahmaneHamadou DahmaneH AskAaronLee AskAaron viipiimusic viipiimu milles_jay milles_j lordpiper lordpipe tobiasbuch tobiasbu 1mcgregorD 1mcgrego kikak7 kikak7 CrossroadsJan Crossroa caiscultura caiscult MicheleGranade1 MicheleG vonbarkenberg vonbarke jrsilv1 jrsilv1 MillaGoulart17 MillaGou lopesmarlon367 lopesmar LalombaMusic LalombaM Fit4LA Fit4LA MaximumBarry MaximumB laini_wildfire laini_wi GoWildMusic GoWildMu Juh46180406 Juh46180 Mnkw3hUOSy75Xce Mnkw3hUO rodrigo_cacapa rodrigo_ djkingassassin djkingas ElChibchaLoco ElChibch ScottWestBand ScottWes souleymanepalag souleyma fiwimusic fiwimusi regisperrot regisper BeautyFreshen BeautyFr
http://lapaloop.com/wp-content/uploads/2017/11/fundo.jpg

Portugal é considerado hoje um dos destinos mais cotados do mundo. Nesta hora sinto pena dos portugueses que estão prestes a ver a sua cultura e a originalidade do seu lugar invadidos e expostos aos abusos do turismo comercial, como acontece hoje em Veneza e no Rio de Janeiro, Fico imaginando aquela população de pessoas simples e educadas sendo expulsas de seus vilarejos lindíssimos para dar lugar a resorts e outras bobagens megalomaníacas para satisfação da curiosidade vazia de uma elite ignorante.

Malefícios a parte, Portugal ganhou visibilidade e admiração por ser um dos lugares mais bonitos do planeta até mesmo para os meus olhos cariocas acostumados a tanta beleza. Nazareth, Arquipélago de Azores, Caiscais, Évora, Fatima, Óbidos, Avira, Lagos, Sintra, Porto e até mesmo a própria Lisboa confirmam esta perigosa afirmação.

Toda esta beleza, mais a magia acerca dos mistérios do mar que o banha e a saudade triste do fado, fizeram surgir ali, em meados dos anos 80, uma das bandas mais sofisticadas do mundo: o Madredeus.

Em pouco tempo os ouvidos mais musicais se renderam completamente aquela mistura combinada de fado, com musica popular portuguesa, musica clássica e muitos “silêncios” entre estas sonoridades.

Magia, delicadeza, tristeza. paixão, saudade, amor, delírio, contemplação, envolvimento, meditação, elevação, todos os mais belos sentimentos convivem juntos quando voce ouve o Madredeus.

A voz de suas muitas vocalistas, principalmente Teresa Salgueiro, que cantou na fase inicial do grupo até 2007, expressam com clareza estes sentimentos e faz o nosso coração se encher de ternura e admiração pela cultura e pelo povo português.

Madredeus é uma banda para se ouvir e ver. A expressão de seus componentes quando envolvidos no ato de fazer musica transmitem a mais profunda interação do homem com a arte. Eles expressam isto de forma expontânea sem as caretas forçadas do mainstream, que aliás, parafraseando Caetano: “apesar do reconhecimento, o Madredeus não cabe no mundo do Time Magazine”…

O documentário francês Les Açores de Madredeus (que voce pode assistir no fim desta página ou na Lapaloop TV) consegue explicar em imagens o quanto o Madredeus convida a reflexão sobre uma paz viável e possível para todos nós, quando finalmente decidirmos voltar as nossas humildes origens de convivência harmonica com a natureza e os outros seres humanos. Nem tanto uma Shangri-La, mas apenas Portugal.

DOCUMENTARIO – Os Açores de Madredeus / Les Azores de Madredeus

Leave a Reply

Follow
Add to favoritesFacebookTwitterYoutube